O tratamento para Aneurisma Cerebral

Conheça nossos tratamentos para a solução do Aneurisma Cerebral

Diversor de Fluxo (Pipeline)

Diversor de Fluxo (Pipeline)

O Pipeline, também conhecido como dispositivo de Embolização Pipeline (PED) é um novo tipo de dispositivo para embolização cerebral projetado para desviar o fluxo de sangue para fora do aneurisma, a fim de fornecer uma embolização completa e durável do aneurisma, enquanto mantém a permeabilidade da artéria . Ele é um membro da nova família de ferramentas endovasculares projetadas para o tratamento de aneurismas cerebrais chamada coletivamente de stents “desviadores de fluxo”. Estes são essencialmente stents com alta cobertura de metal que são implantados na artéria, em todo o segmento do aneurisma.

A colocação bem sucedida de tal dispositivo produz mudanças imediatas na circulação local, redirecionando o fluxo sanguíneo no aneurisma para a artéria distal. A resultante redução abrupta do fluxo intra – aneurismático promove a trombose no interior do aneurisma, o que leva progressivamente a sua oclusão total.

As evidências sugerem fortemente que a cura é alcançada com a chamada “endotelização” do stent, quando as células do interior do vaso sanguineo (endotélio) crescem ao longo da malha de metal do stent , o tornando incorporado a parede do vaso. A cobertura endotelial completa do aneurisma produz a cura e em última análise, leva à involução gradual do aneurisma.
O resultado é em geral avaliado entre 3-6 meses após o seu implante. Resultados do estudo PUFS revelam taxas de oclusão de aneurisma de 85% aos 6 meses e até 95% aos 12 meses após seu implante. Estes dispositivos redefiniram a forma de tratar os aneurismas intracranianos, principalmente os aneurismas grandes, gigantes, e de colo largo. Eles modificaram o próprio conceito do tratamento, que deixa de ser o de preenchimento do interior do saco aneurismático por metal (micro-molas) para uma abordagem de reconstrução da artéria, origem do problema.

Assista:



Comentários: