O tratamento para Aneurisma Cerebral

Conheça nossos tratamentos para a solução do Aneurisma Cerebral

Tratamento Minimamente invasivo: a Embolização

Tratamento Minimamente invasivo: a Embolização

A embolização é um procedimento que acessa a área de tratamento naturalmente, por dentro dos vasos sanguíneos. Em contraste com a cirurgia, a embolização não necessita de cirurgia aberta. Em vez disso, os médicos usam a tecnologia de raios-X em tempo real, chamada visualização fluoroscópica (radioscopia), para visualizar o interior dos vasos sanguíneos.

O tratamento de embolização dos aneurismas cerebrais começa com a inserção de um cateter (pequeno tubo plástico) na artéria femoral na perna do paciente e navegação dele pelos vasos sanguíneos do pescoço até o aneurisma. Pequeninas molas ou espiras de platina são inseridas pelo cateter e desdobrados no aneurisma, bloqueando fluxo de sangue para o interior do aneurisma e prevenindo sua ruptura. As molas são feitas de platina para que eles possam ser visíveis pelo raio x e bastante flexíveis para conformar-se com a forma de aneurisma e evitar que ele se rompa.. Mais de 450.000 pacientes no mundo inteiro já foram tratados com molas de platina destacáveis.


Comentários: